FIT, SAUDÁVEL E VEGGIE; FRANQUIAS AMPLIAM CARDÁPIO PARA FISGAR NOVOS NICHOS DE MERCADO

By 22 de julho de 2019 julho 23rd, 2019 Na Mídia

Vegetariana, vegana, low carb, sem glúten: Nova onda saudável faz com que redes de franquias adaptem seus cardápios para agradar esse novo perfil de consumidor. Ainda visto como tendência de mercado, bares e restaurantes estão cada vez mais em alertar com públicos nichados que não trocam, por exemplo, um prato de salada por uma porção de picanha.

Seja por uma questão de conscientização, cuidados com o corpo e até mesmo com a saúde, muitos consumidores estão deixando velhos hábitos para trás e apostando em cardápios cada vez mais saudáveis e, tanto outros, em opções veganas. Ambas as frentes vem ganhando força no Brasil e não é de hoje e os números reforçam essa tendência.

Segundo a agência de pesquisa Euromonitor Internacional, o consumo de alimentos saudáveis no Brasil vem crescendo nos últimos anos. De 2009 a 2014, o mercado de alimentação ligado à saúde e bem-estar cresceu 98%. Por aqui, o setor movimenta cerca de R$35 bilhões por ano, e é considerado o quarto maior mercado do mundo nesse sentido.

Público vegetariano

Outro público que vem crescendo é o vegetariano. Uma pesquisa do IBOPE Inteligência realizada em abril do ano passado mostra que 14% da população se declara vegetariana. Esse número representa quase 30 milhões de brasileiros – número maior que as populações de toda a Austrália e Nova Zelândia juntas. O estudo relevou ainda que existe um imenso interesse da população em geral por produtos veganos.  Mais da metade dos entrevistados, 55%, declarou que consumiria mais produtos veganos se estes fossem mais bem indicados nas embalagens, ou se tivesse o mesmo preço que os produtos que estão acostumados a consumir – 60%.

Outro dado reforça essa realidade: segundo a SVB (Sociedade Vegetariana Brasileira) de janeiro de 2012 a dezembro de 2017 o volume de buscas pelo termo ‘vegano’ aumentou 14x no Brasil.

Esse comportamento reflete a busca da população por uma alimentação mais saudável, sustentável e ética, impulsionada principalmente pela preocupação com os impactos de seus hábitos de consumo – em especial o impacto ambiental negativo da pecuária e a indignação com as condições de vida impostas aos animais usados nos processos de produção.

Confira redes tradicionais no mercado que já possuem produtos para atender a demanda investindo a partir de R$12 com retorno previsto em seis meses.

1-      Brasileirinho Delivery

O Brasileirinho Delivery, franquia especializada em comida popular brasileira no box, foi fundada em 2014. Com mais de 100 unidades espalhadas pelo Brasil, a marca oferece em seu cardápio opções fit, saudáveis, veganas e vegetarianas, e mantém sabores tradicionais, como arroz carreteiro e baião de dois. A marca oferece dois tipos de negócios: Delivery e Delivery + balcão, neste último há um espaço para o cliente se alimentar no local.

Investimento inicial:  a partir de R$120 mil.Faturamento médio mensal: de R$60 mil a R$80 mil.
Prazo de retorno: de 
20 a 24 Meses

2-      Mr. Fit

A rede Mr. Fit (franquia de fast food saudável) está a cinco anos no mercado. Recentemente a marca desenvolveu cinco pratos pensados para as necessidades nutricionais e restritivas do público veganos. As novidades são: Estrogonofe de palmito, Fricassê de carne de jaca com requeijão vegano, Feijoada vegana com legumes grelhados, Macarrão salada (massa integral), e Moqueca de banana da terra. A marca oferece sete possibilidades de investimento, que varia de R$12 mil para o modelo Freezer (estilo vending machine) a R$164 mil, modelo de loja em shopping.

Investimento inicial:  a partir de R$12 mil.Faturamento médio mensal: de R$20 mil a R$140 mil.
Prazo de retorno
: de 6 meses a 36 meses.

3 – Megamatte

A rede Megamatte tem investido na reformulação do seu cardápio para oferecer aos clientes uma alimentação mais saudável e fitness, reduzindo o uso de farinha e apostando em ingredientes mais saudáveis. O cardápio inclui pastel vegano, croissant integral, sanduíches e sucos naturais, açaí orgânico, guaraná natural, além do famoso mate, principal produto da rede, preparado com erva mate orgânica e 100% natural, feito artesanalmente em cada unidade, sem adição de conservantes e xaropes. A franquia aposta em três tipos de modelos; loja, quiosque e container, com investimento a partir de R$ 199 mil para os dois primeiros e R$ 240 mil para o container.

Investimento inicial:  de R$199 mil a R$240 mil. Faturamento médio mensal: de R$40 mil a R$75 mil.
Prazo de retorno:
 entre 18 a 36 meses

4 – Dídio Pizza

Para quem está batalhando para manter a forma ou para quem apenas busca uma delícia mais equilibrada degustar no verão, a Dídio Pizza aposta na linha light. Leves e com opções de massas glúten free e integral, as pizzas são entre 29% e 37% menos calóricas que os sabores tradicionais. A rede de franquias de pizzarias exclusivamente delivery desenvolveu um cardápio que oferece 4 sabores: a Dídio Ligth, com peito de peru light, palmito, alho poró e cream cheese; a Philadelphia, com molho de tomate, peito de peru defumado, cream cheese e tomate seco; e a Veggie, com mussarela light, abobrinha, berinjela, manjericão e tomate seco; Portuguesa Light com peito de peru, ovos, mussarela light e cebolas frescas. Para investir na franquia é preciso desembolsar R$265 mil.

Investimento inicial:  R$265 milFaturamento médio mensal:  R$67 mil.
Prazo de retorno:
 2 anos e 4meses.

Fonte: https://www.canalm8.com.br/fit-saudavel-e-veggie-franquias-ampliam-cardapio-para-fisgar-novos-nichos-de-mercado/

Leave a Reply