Como manter a qualidade de um produto ao longo de seu ciclo de vida

By 23 de abril de 2018 junho 18th, 2019 Nossa Franquia

Um dos primeiros assuntos que alunos de publicidade estudam ao ingressarem nas universidades são os 4 P’s do marketing – entre os quais está o “p” de produto. Quem não aprende na teoria, descobre na prática, como eu, que este é um dos “pês” mais importantes para um negócio bem-sucedido. Entretanto, uma boa mercadoria, mesmo sendo naturalmente boa, não sobrevive por si só, é preciso de um conjunto de ações estratégicas para fazer com que a “qualidade de produto” seja o principal ativo da marca ao longo de seu ciclo de vida – o que representa um grande desafio para quem está por trás da gestão de produtos.

Marketing boca a boca

Com 25 anos de experiência no mercado da alimentação, pude perceber que a qualidade de produto é um fator que leva a uma das mais fortes e espontâneas ferramentas de comunicação, o chamado “marketing boca a boca”. Por ser espontâneo, por vir de pessoas que você conhece, gera mais credibilidade e tem um poder maior de criar um sentimento de fidelização à marca. Este tipo de engajamento do cliente com a empresa só é gerado pelo fator qualidade de produto, porque serviços e mercadorias medianos não possuem essa força de absorção.

Aperfeiçoamento

Dentro da estratégia para manter a qualidade ao longo do ciclo de vida do produto, está também a busca pelo aperfeiçoamento do mesmo. Um gestor de marca/produto deve sempre se perguntar: é possível melhorar? Meu público deseja mudanças? Será que uma inovação seria bem-vinda neste estágio do ciclo de vida? Saber responder a estas perguntas é uma forma manter a qualidade de produto como um ponto forte da sua mercadoria. Isto é possível apenas por meio de pesquisas que busquem compreender quem é, e o que quer o público da sua marca e do seu produto.

Trabalhe com os melhores

Se o seu produto/serviço depende de fornecedores, busque os melhores do mercado. Trocá-los pode ser um desastre para manter a qualidade de produto como diferencial da sua mercadoria. Ao longo da minha jornada no ramo da alimentação, busquei, e hoje sou buscado, por grandes fornecedores para desenvolver e incrementar produtos do catálogo da Dídio Pizza. Isso é possível quando o fornecedor reconhece a qualidade de produto da sua mercadoria e confia na sua marca para se associar a ela. Trata-se de uma relação mútua de confiança e credibilidade, em que um eleva o nome do outro, trazendo benefícios bilaterais. Além dos ganhos dessa relação B2B, o maior beneficiado é o consumidor final que recebe um produto de qualidade como deseja.

Recrute um time de ponta

Tão importante quanto quem oferece os insumos para manter a qualidade de produto externamente, é seu time de marketing e gestão de produto. Pessoas sem visão, com pouco background (note que não estou me referindo à experiência), acabam por não conseguirem manter a qualidade de produto ao longo do tempo. Já um time composto por profissionais sensíveis será capaz de levar a qualidade de produto ao nível que seu público requer. Não somente atingir, como também mantê-la por muito mais tempo.

Gerir crises

Acontece nas melhores companhias, eu diria. Quem afinal está livre de uma crise que ganhe uma proporção estrondosa com as redes sociais? Ninguém. Pois bem, a qualidade de produto também é um fator que auxilia em momentos delicados para uma empresa. Clientes estão mais dispostos a dialogar com marcas que cometem erros, mas produzem produtos de qualidade, do que com outras que não entregam o que prometem. No mundo do delivery, é difícil controlar 100% das entregas e, às vezes, uma pizza ou outra, chega num estado que deixa qualquer um com fome de cabelo em pé, mas nós já tivemos inúmeras situações em que os clientes fizeram reclamações ressaltando o fator “qualidade de produto” como não compatível com a situação, lamentando o ocorrido e nos avisando, pois conhecem o nosso produto e sabem que não é do nosso feitio tal tipo de serviço. Isso foi conquistado com anos de ações para garantir a qualidade de produto como ativo principal da marca Dídio Pizza Delivery.

Saber se reinventar

Tem uma hora que mesmo um bom produto chega a um estágio de esgotamento. Nesta etapa do ciclo de vida, é preciso saber no que mexer para continuar existindo sem abrir mão da qualidade de produto. Uma nova embalagem? Um novo formato? Alterações na fórmula? Todos esses questionamentos são importantes para identificar o que mudar para se manter vivo e competitivo no mercado.

Visão

Manter a qualidade de produto como marca registrada daquilo que você produz só é possível quando há uma clara e ampla visão de negócios, quando se busca entender o público e quando se tem uma boa equipe por trás e à frente de seu produto. Sem visão, é impossível manter a qualidade ao longo do ciclo de vida do mesmo, antecipando seu esquecimento da mente do consumidor. Produtos de sucesso, além de serem naturalmente bons, tem sua história construída passo a passo por quem entende e ama o que faz.

Quer trabalhar com um produto de qualidade? Para saber mais sobre o sucesso da rede de franquias Dídio Pizza Delivery e tornar-se um franqueado, clique aqui.

Fonte: https://www.linkedin.com/pulse/como-manter-qualidade-de-um-produto-ao-longo-seu-ciclo-elidio-biazini/

Leave a Reply